Os Anais do III Seminário Marx Hoje: Lutas de Classes na América Latina já estão disponíveis. Basta acessar o seguinte link
E-Book Marx Hoje: pesquisa e transformação social - Volume II

Já está disponível o livro eletrônico "Marx Hoje: Pesquisa e Transformação Social - Volume II". A publicação é organizada por Isabel Fernandes de Oliveira, Ilana Lemos de Paiva, Ana Ludmila Freire Costa, Joyce Pereira da Costa e Luana Isabelle Cabral dos Santos e conta como autores/as dos capítulos: Ana Ludmila F. Costa, Daniel Araújo Valença, Fellipe Coelho-Lima, Giovanni Alves, Guilerme Boulos, Isabel Fernandes de Oliveira, Maria de Fátima Pereira Alberto, Marilda Gonçalves Dias Facci, Raquel Varela e Susana Jimenez.

O livro pode ser acessado clicando aqui.

Prezado/a participante,

Com satisfação divulgamos os locais e horários para apresentação dos trabalhos no III Seminário Marx Hoje: pesquisa e transformação social. Pedimos que confira com cuidado as informações a respeito do trabalho de sua autoria.
O espaço de apresentação de trabalhos é construído neste seminário para o intercâmbio de ideias e produção de conhecimento crítico e comprometido. Considerando a importância desse momento para debater os trabalhos desenvolvidos, elaboramos algumas indicações para a organização das sessões de apresentações de trabalhos, para as quais pedimos especial atenção:

1. Organizamos os trabalhos pela indicação de 1º eixo temático indicado pelo/a autor/a. Em algumas situações realocamos o trabalho a partir da indicação do segundo eixo temático ou aqueles com temáticas muito específicas, foram alocados juntos com o eixo temático de maior proximidade;

2. Cada sala contará com um/a monitor/a, cuja função é de apoio às atividades, e não de coordenação. Sugerimos que cada sala funcione de modo autogestionado no que se refere à sequência de apresentações e controle de tempo;

3. Cada sala comportará em torno de 08 a 10 trabalhos a serem apresentados entre as 14:00 e as 16:45. De forma a otimizar o tempo disponível, sugerimos que cada autor/a utilize de 10 a 15 minutos (no máximo) para apresentação de seu trabalho e que, ao final de todas as apresentações, ocorra uma rodada de debates. Em cada sala haverá a indicação do horário disponível para a atividade, ficando os/as autores/as presentes responsáveis pelo bom uso do mesmo;

4. As salas não disporão de equipamentos audiovisuais. Além de otimizar o tempo para valorização dos debates, a quantidade de salas necessárias para comportar a atividade dificultou a disponibilidade de infraestrutura. Contamos com a compreensão de vocês quanto a isso.

Colocamos-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais por meio do endereço eletrônico: marxhojecomcient@gmail.com

Aguardamos você em nosso evento!

O prazo para submissão de trabalhos para o III Seminário Marx Hoje: lutas de classes na América Latina será estendido até o dia 28 de fevereiro. 


Já está aberto o período de submissão de trabalhos para o III Seminário Marx Hoje: lutas de classes na América Latina. As submissões podem ser realizadas no site www.marxhoje.com.br e seguem até o dia 24 de fevereiro. 
-----
O III Seminário Marx Hoje: luta de classes na América Latina é organizado pelo Grupo de Pesquisas Marxismo & Educação (GPM&E).



Informamos que os certificados de apresentação de trabalho do II Seminário Marx Hoje serão enviados até o final de maio.
A submissão de trabalhos para o II Seminário Marx Hoje: Pesquisa e Transformação Social foram prorrogadas até o dia 25/01 e podem ser realizadas pelo site www.marxhoje.com.br. 

O II Marx Hoje é uma realização do Grupo de Pesquisas Marxismo & Educação (GPM&E/UFRN) e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), do Conselho Federal de Psicologia (CFP), do Centro de Referencia em Direitos Humanos Natal e Semiárido (CRDH), Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência (NUPEDIA/UFPB), o Grupo de Trabalho Direito e Marxismo do Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS), do Núcleo RN da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO/RN), do Conselho Regional de Serviço Social do RN (CRESS/RN), do Conselho Regional de Psicologia do RN (CRP-17) e do Observatório da População Infato-Juvenil em Contextos de Violência (OBIJUV).